16.5 C
Canoas
domingo, outubro 17, 2021

Covid-19 pode mudar planos de missão diplomática liderada por Mourão à Amazônia

Must read

Renova Energia recebe Licença Prévia do Inema para empreendimentos eólico e solar na Bahia

Localizado no centro-oeste do Estado o projeto será composto por 14 parques eólicos que juntos somam 576 MW de potência

Renova Energia focará sua atuação na geração eólica e possui 5 GW em projetos

São Paulo, setembro de 2021 – A fonte eólica possui 19,1 GW de capacidade instalada no Brasil e todo este volume abastece quase...

Projota apaga todos os posts do Instagram e dispara: “Momento mais turbulento”

O cantor já vinha afastado das redes sociais nas últimas semanas, mas surpreendeu os fãs ao excluir todas as imagens do seu Instagram. Aos...

Chico Buarque passa por cirurgia em hospital no Rio

Foto: Reprodução/Internet Aos 77 anos, o artista passou por uma cirurgia na coluna que durou cerca de seis horas e está, no momento, em recuperação...

A Covid-19 pode acabar com os planos do governo de levar embaixadores europeus e sul americanos para visitar a Amazônia nesta semana. A excursão, chefiada pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e composta por 10 representantes internacionais, está marcada para partir de Brasília na quarta (4) e retornar na sexta-feira (6). No cronograma estão sobrevoos à áreas degradadas, visitas a projetos apoiados pelo governo e passeios turísticos pela região de Manaus. Como a situação do coronavírus lá tem piorado, Mourão acompanha o cenário para decidir sobre um possível adiamento.

A viagem faz parte de um esforço do governo federal para esclarecer a política ambiental brasileira à comunidade internacional. O presidente Jair Bolsonaro já disse algumas vezes que há uma campanha para difamar a imagem do Brasil no exterior, e a ideia é justamente mostrar que uma grande parcela da floresta ainda permanece intacta. Na última quarta-feira, o general Hamilton Mourão, que é o presidente do Conselho da Amazônia, diz que aguardava uma resposta do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre se ele participaria da viagem.

Na quinta, Salles confirmou presença. Além dele, também deve representar o governo os ministros da Agricultura, das Relações Exteriores e do Gabinete de Segurança Institucional — além do chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, tenente-brigadeiro do ar Raul Botelho. A viagem foi organizada após oito países europeus enviarem uma carta a Mourão, afirmando que a alta do desmatamento poderia dificultar a importação de produtos brasileiros.

*Com informações do repórter Antônio Maldonado

- Advertisement -

More articles

Latest article

Renova Energia recebe Licença Prévia do Inema para empreendimentos eólico e solar na Bahia

Localizado no centro-oeste do Estado o projeto será composto por 14 parques eólicos que juntos somam 576 MW de potência

Renova Energia focará sua atuação na geração eólica e possui 5 GW em projetos

São Paulo, setembro de 2021 – A fonte eólica possui 19,1 GW de capacidade instalada no Brasil e todo este volume abastece quase...

Projota apaga todos os posts do Instagram e dispara: “Momento mais turbulento”

O cantor já vinha afastado das redes sociais nas últimas semanas, mas surpreendeu os fãs ao excluir todas as imagens do seu Instagram. Aos...

Chico Buarque passa por cirurgia em hospital no Rio

Foto: Reprodução/Internet Aos 77 anos, o artista passou por uma cirurgia na coluna que durou cerca de seis horas e está, no momento, em recuperação...

Lady Gaga recusou Rock in Rio, diz Roberto Medina

Após o adiamento causado pela pandemia, o Rock in Rio será realizado no ano que vem e está surpreendendo o público com os artistas...