17.7 C
Canoas
quinta-feira, maio 26, 2022

Merkel: lockdown não vai durar ‘nem um dia a mais do que o necessário’

Must read

O conselho de Bill Gates

Ao ser questionado por um jovem sobre o que fazer para causar um impacto positivo no mundo, o bilionário Bill Gates respondeu: “Leia um...

Bolsonaro sanciona, com vetos, prorrogação do Pronampe até fim de 2024

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou, com um veto, o projeto que altera as regras do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de...

STJ: Arma branca pode fundamentar majoração da pena-base

Colegiado determinou que, embora não configure mais causa de aumento para o crime de roubo, o emprego de arma branca poderá ser...

Governo admite pagamento de seguro-desemprego a mortos e culpa sistema

O Ministério do Trabalho e da Previdência admitiu que pode ter pagado seguro-desemprego a pessoas que já morreram. A pasta explica...

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, pediu paciência aos alemães, nesta quinta-feira (11) e garantiu que seu governo não irá estender o confinamento nacional – imposto para conter o avanço de novas variantes do coronavírus – para além do necessário.

“Como democracia, temos a tarefa de não manter as restrições em vigor nem um dia a mais do que o necessário”, disse Merkel em um pronunciamento no Parlamento em Berlim.

Merkel justificou a prorrogação do lockdown para o dia 7 de março, anunciada na quarta-feira (10), e disse que a renovação das restrições é necessária para se evitar a chegada de uma nova onda da pandemia de Covid-19.

Essa foi a terceira vez seguida que o país mudou a data final do confinamento.

Com a prorrogação do confinamento, permanecem fechados:

  • Bares
  • Restaurantes
  • Hotéis
  • Academias de ginástica
  • Cinemas
  • Teatros
  • Comércio não essencial

Segundo o plano de reabertura defendido por Merkel, é preciso que o número semanal de infecções caia para 35 a cada 100 mil habitantes para que se avalie a volta das atividades.

Atualmente, essa taxa está em 68 infectados a cada 100 mil habitantes, número bastante inferior aos 200 por 100 mil registrados no fim de dezembro do ano passado.

O governo anunciou também que a prioridade da reabertura estará nas creches e escolas, que poderão voltar a funcionar antes mesmo do prazo determinado.

Salões de beleza também poderão ser reabertos antes deste prazo. A previsão do governo, é que esse tipo de estabelecimento possa voltar a funcionar em 1º de março.

No fim de janeiro, a Alemanha proibiu entrada de viajantes com origem no Brasil para tentar conter a nova variante do coronavírus.

A medida também foi aplicada a pessoas que estiveram recentemente na África do Sul, em Portugal, Reino Unido e Irlanda e, inicialmente, será válida até 17 de fevereiro.

A Alemanha está sob intenso confinamento desde novembro, com uma segunda onda do coronavírus muito pior e mais longa do que a primeira.

O número de casos registrados da doença passa dos 2,3 milhões no país, e as mortes por Covid-19 já são mais de 63,2 mil.

 

- Advertisement -

More articles

Latest article

O conselho de Bill Gates

Ao ser questionado por um jovem sobre o que fazer para causar um impacto positivo no mundo, o bilionário Bill Gates respondeu: “Leia um...

Bolsonaro sanciona, com vetos, prorrogação do Pronampe até fim de 2024

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou, com um veto, o projeto que altera as regras do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de...

STJ: Arma branca pode fundamentar majoração da pena-base

Colegiado determinou que, embora não configure mais causa de aumento para o crime de roubo, o emprego de arma branca poderá ser...

Governo admite pagamento de seguro-desemprego a mortos e culpa sistema

O Ministério do Trabalho e da Previdência admitiu que pode ter pagado seguro-desemprego a pessoas que já morreram. A pasta explica...

Mulher acusa pastor durante o culto: “Tinha 16 anos quando você tirou minha virgindade”

No último domingo (22), na cidade norte-americana de Warsaw, no Estado de Indiana, o reverendo John Lowe II disse que tinha uma...