23.1 C
Canoas
quarta-feira, março 3, 2021

Academia em casa? Apple lança o Fitness+

Must read

Adultos infectados com a variante identificada em Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo, aponta Fiocruz

Pessoas usando roupas e equipamentos de proteção contra o coronavírus Sars-CoV-2 andam em meio a túmulos de vítimas da Covid-19 no cemitério Nossa Senhora...

Grupo Cash ajuda na regularização do CNPJ; saiba como

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...
Avatar

Manter uma rotina de exercícios ficou mais difícil ao permanecer em casa durante o ano. Mas não é bem isso o que a Apple quer para seus usuários. Foi lançado hoje o Fitness+, aplicativo que une aulas de exercícios virtuais, com dez categorias, que vão desde ciclismo a ioga. 

Conectado ao Apple Watch, batimentos cardíacos, calorias e tempo são monitorados e exibidos na tela, seja do iPhone, do iPad ou da Apple TV. Além disso, toda semana serão disponibilizados novos treinos e gêneros musicais para manter o engajamento e foco. Para aqueles que nunca treinaram, o aplicativo traz instruções básicas de postura e movimentos para preparação dos exercícios.

“É um programa acessível tanto para iniciantes quanto para atletas de alto rendimento, e ainda oferece a flexibilidade de treinar em qualquer lugar. Assim, todos podem participar”, afirma Jay Blahnik, senior director of fitness para Health Technologies da Apple. O Fitness+ está disponível a princípio na Austrália, no Canadá, na Irlanda, na Nova Zelândia, no Reino Unido e nos EUA, por US$ 9,99 ao mês ou US$ 79,99 ao ano.

- Advertisement -

More articles

Latest article

Adultos infectados com a variante identificada em Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo, aponta Fiocruz

Pessoas usando roupas e equipamentos de proteção contra o coronavírus Sars-CoV-2 andam em meio a túmulos de vítimas da Covid-19 no cemitério Nossa Senhora...

Grupo Cash ajuda na regularização do CNPJ; saiba como

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Contar o tempo ou calorias gastas?

Foram elencadas pessoas que se alimentavam em média por 15 h por dia. Eles foram divididos em 2 grupos: um grupo que passou a...