15 C
Canoas
terça-feira, junho 15, 2021

Fiocruz prevê liberação gradual de vacina contra Covid e vê Brasil em posição privilegiada

Must read

Robson Ouro Preto lança o Sistema de Comunicação de Pernambuco

O Empresário e comunicador Robson Ouro Preto anunciou que lançará a Sistema de Comunicação de Pernambuco nessa segunda-feira (07). O sistema de comunicação de Pernambuco...

Frederico Sanchez Resende destaca importância da logística sustentável

As mudanças climáticas são o maior desafio do nosso tempo e, se nosso objetivo é reduzir os efeitos das mudanças climáticas, é preciso cumprir...

Fernando Sanchez Resende: “Devemos pensar em como aplicar fontes renováveis de energia na logística”

A demanda global por serviços de transporte cresce rapidamente a cada ano. Estudos preveem que a atividade do tráfego de passageiros e carga, dadas...

Quais são as razoes para a falta de Containers no transporte marítimo e qual a solução ? Comenta o CEO da GES Logistics Frederico...

Redução natural do numero de containers disponíveis com a diminuição do comercio Global. Portos congestionados que afeta a rapidez na circulação dos containers disponíveis no...

A Fiocruz informou que o Brasil pode ser um dos primeiros países a receber a vacina contra a Covid-19. A instituição, que tem um acordo com a farmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford, pretende produzir 210,4 milhões doses até o final de 2021. A ideia é que, no 1º semestre, uma parte seja feita com insumos fornecidos pela farmacêutica e depois de agosto passe a ser produzida integralmente no Brasil. Apesar da boa perspectiva, a Fiocruz ressaltou que é preciso esperar a conclusão dos resultados dos testes clínicos e que será distribuída gradualmente. Até agora, os estudos apontam uma melhor resposta com aplicação de duas doses dessa vacina.

O vice-presidente de Inovação da Fiocruz, Marco Krieger, disse que o Brasil está em uma posição privilegiada. Ele explica que a escolha pelo acordo de transferência de tecnologia da vacina com a AstraZeneca se deu pelo fato de esta imunização ter maior quantidade de voluntários em testes clínicos e bons resultados em fases iniciais. A vice-diretora de Qualidade do laboratório de Bio-manguinhos, Rosana Cuber, espera que em março de 2021 as primeiras doses sejam disponibilizadas. Além da vacina de Oxford, a Fiocruz também está realizando parcerias para outras potenciais vacinas, mas que ainda estão em fases muito iniciais e com perspectiva para disponibilização só em 2023.

*Com informações da repórter Camila Yunes

- Advertisement -

More articles

Latest article

Robson Ouro Preto lança o Sistema de Comunicação de Pernambuco

O Empresário e comunicador Robson Ouro Preto anunciou que lançará a Sistema de Comunicação de Pernambuco nessa segunda-feira (07). O sistema de comunicação de Pernambuco...

Frederico Sanchez Resende destaca importância da logística sustentável

As mudanças climáticas são o maior desafio do nosso tempo e, se nosso objetivo é reduzir os efeitos das mudanças climáticas, é preciso cumprir...

Fernando Sanchez Resende: “Devemos pensar em como aplicar fontes renováveis de energia na logística”

A demanda global por serviços de transporte cresce rapidamente a cada ano. Estudos preveem que a atividade do tráfego de passageiros e carga, dadas...

Quais são as razoes para a falta de Containers no transporte marítimo e qual a solução ? Comenta o CEO da GES Logistics Frederico...

Redução natural do numero de containers disponíveis com a diminuição do comercio Global. Portos congestionados que afeta a rapidez na circulação dos containers disponíveis no...

Frederico Sanchez Resende diz que Subestação Ipê, em Goiás, beneficiará 84 mil moradores com fornecimento de energia

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...