23.1 C
Canoas
quarta-feira, março 3, 2021

Vereador baleado de raspão pode ter sido vítima de guerra entre traficantes e milicianos

Must read

Adultos infectados com a variante identificada em Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo, aponta Fiocruz

Pessoas usando roupas e equipamentos de proteção contra o coronavírus Sars-CoV-2 andam em meio a túmulos de vítimas da Covid-19 no cemitério Nossa Senhora...

Grupo Cash ajuda na regularização do CNPJ; saiba como

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Uma disputa acirrada, quase uma guerra entre traficantes e milicianos na zona norte do Rio de Janeiro pode estar por trás do tiro que atingiu de raspão o vereador e candidato a reeleição Zico Bacana na última segunda-feira (2) no Rio. O local por onde ele circulou é palco de permanente disputa entre grupos criminosos. Pelo menos 20 tiros atingiram o carro onde ele estava. Um dos disparos atingiu Zico de raspão na cabeça. A Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro investiga se ele foi alvo direto ou se estava no local errado, na hora errada e com companhias erradas.

Além do parlamentar, outras quatro pessoas foram baleadas em Anchieta — sendo que duas acabaram morrendo. Uma das vítimas teria ligação com o trafico de drogas. Zico Bacana é ex-PM, já foi investigado na CPI das milícias da Alerj e é acusado de ligação com grupos paramilitares. Ele nega. O parlamentar esteve na Divisão de Homicídios após o crime, prestou depoimento e foi novamente hospitalizado na terça-feira após ter fortes dores de cabeça. Depois de ser examinado, foi liberado e recebeu alta. O parlamentar está em casa se recuperando de tudo o que aconteceu e até gravou uma mensagem para os correligionários.

Nesta terça, um candidato a vereador do município de São Gonçalo foi preso pela policia fluminense. Ele é Valmir Santos Filho, do PSL, e tem 35 anos de idade. A acusação contra o candidato é de lavagem de dinheiro do trafico e venda de peças roubadas na oficina que ele mantinha no município. Segundo as investigações, o candidato a vereador teria ligação com o trafico de drogas do Complexo do Salgueiro — comandado pela maior facção criminosa do Estado.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

- Advertisement -

More articles

Latest article

Adultos infectados com a variante identificada em Manaus têm 10 vezes mais vírus no corpo, aponta Fiocruz

Pessoas usando roupas e equipamentos de proteção contra o coronavírus Sars-CoV-2 andam em meio a túmulos de vítimas da Covid-19 no cemitério Nossa Senhora...

Grupo Cash ajuda na regularização do CNPJ; saiba como

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Contar o tempo ou calorias gastas?

Foram elencadas pessoas que se alimentavam em média por 15 h por dia. Eles foram divididos em 2 grupos: um grupo que passou a...