15.7 C
Canoas
domingo, outubro 24, 2021

Rosa Weber homologa delação de Eike Batista

Must read

Temor de racionamento de energia acelera investimentos na fonte eólica no Brasil

São Paulo, setembro de 2021 – O baixo nível dos reservatórios é o principal tema na pauta do setor de energia. Na prática,...

Geração renovável suporta a demanda de energia no Brasil

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Referência no Brasil, Grupo Cash regulariza nome em até 30 dias

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

O acordo de colaboração premiada do empresário Eike Batista com a Justiça foi homologado no Supremo Tribunal Federal nesta quarta (4). A validação do acordo foi feita pela ministra do STF, Rosa Weber. O acordo de delação premiada já vinha sendo costurado há meses e passou por reformas, mudanças e alterações — inclusive junto à PGR antes do acerto. A própria Jovem Pan já havia informado no mês passado que o acordo estava para sair e era apenas uma questão de tempo.

A delação premiada de Eike prevê, entre outros pontos, a possibilidade do ex-bilionário brasileiro cumprir pena no sistema carcerário e, depois, ser beneficiado pela chamada progressão de regime. Eike Batista chegou a ser preso em 2017 e 2019, alvo da Operação Lava Jato — que o acusou de manipulação do mercado de capitas e lavagem de dinheiro para alimentar e abastecer o esquema de corrupção do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho.

Eike teria repassado ao esquema US$ 16,5 milhões em troca de vantagens para empresas dele — na época, chamado Império X. O ex-bilionário brasileiro terá que pagar, pelo acordo firmado com a Justiça, uma multa de R$ 800 milhões por conta de crimes cometidos e confessados. O presidente da Abradim, Aurélio Valporto, quer que parte dessa indenização seja utilizada para indenizar investidores que foram lesados por Eike no mercado financeiro. Inicialmente, os recursos da indenização de Eike serão destinados ao combate da Covid-19 no país e a preservação do meio ambiente. A Abradim move, pelo menos, três ações criminais contra Eike Batista na Justiça.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

- Advertisement -

More articles

Latest article

Temor de racionamento de energia acelera investimentos na fonte eólica no Brasil

São Paulo, setembro de 2021 – O baixo nível dos reservatórios é o principal tema na pauta do setor de energia. Na prática,...

Geração renovável suporta a demanda de energia no Brasil

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Referência no Brasil, Grupo Cash regulariza nome em até 30 dias

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

Vitória Lais: Expressividade no Tik Tok e Instagram

Após trancar o curso superior de fisioterapia no início da Pandemia de Covid-19, Vitória Lais, de 21 anos, entrou no mercado de digital influencer...