11.8 C
Canoas
sexta-feira, maio 20, 2022

Pfizer e BioNTech lançam teste de vacina para proteger contra variante Ômicron da Covid-19

Must read

Gkay estipula gasto de R$ 8 mi na Farofa: “Rock in Rio fora de época”

A influencer Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay, revelou que deve gastar cerca de três vezes mais na edição da Farofa deste ano....

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...

Pastor acusado de aplicar golpe de 10 milhões está foragido

Um pastor é acusado de aplicar um golpe imobiliário no estado de Santa Catarina. De acordo com as investigações, o prejuízo pode...

Reinfecção de Covid se tornou mais comum com Ômicron, afirma estudo

Um estudo feito na Universidade Stellenbosch, na África do Sul, traz evidências de que a variante Ômicron do coronavírus é capaz de provocar reinfecções...

A Pfizer e a BioNTech informaram, na terça-feira, 25 de janeiro, que iniciaram ensaio clínico para testar nova versão de vacina projetada especificamente para atacar a variante Ômicron da Covid-19, que escapou de parte da proteção fornecida pelo sistema original da vacina de duas doses.

Contando com voluntários nos Estados Unidos (EUA), empresas planejam testar a resposta imune gerada pela vacina contra a Ômicron, tanto como um regime de três doses em pessoas não vacinadas quanto como reforço para aquelas que já receberam duas doses do imunizante original.

Os laboratórios também estão testando a quarta dose da vacina atual em pessoas que receberam a terceira dose da Pfizer/BioNTech três a seis meses antes.

As empresas planejam estudar a segurança e a tolerabilidade das doses em mais de 1,4 mil pessoas que serão inscritas no teste.

“Embora a pesquisa atual e dados do mundo real mostrem que reforços continuam fornecendo alto nível de proteção contra doenças graves e hospitalização pela Ômicron, reconhecemos a necessidade de estar preparados caso essa proteção diminua com o tempo e, potencialmente, de ajudar a lidar com a Ômicron e novas variantes no futuro”, disse a chefe de pesquisa e desenvolvimento de vacinas da Pfizer, Kathrin Jansen, em comunicado.

Dependendo da quantidade de dados de ensaios clínicos exigidos pelos reguladores, pode não ser possível realizar um plano atual para lançar vacina direcionada à Ômicron até o fim de março, afirmou a BioNTech.

Segundo a Pfizer, duas doses da vacina original podem não ser suficientes para proteger contra a infecção da nova variante, e a proteção contra hospitalizações e mortes pode estar diminuindo.

Ainda assim, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA afirma que a terceira dose de uma vacina de mRNA, como a da Pfizer/BioNTech, forneceu 90% de proteção contra hospitalização por Covid-19.

  1. Com informações da Agência Brasil 
- Advertisement -

More articles

Latest article

Gkay estipula gasto de R$ 8 mi na Farofa: “Rock in Rio fora de época”

A influencer Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay, revelou que deve gastar cerca de três vezes mais na edição da Farofa deste ano....

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...

Pastor acusado de aplicar golpe de 10 milhões está foragido

Um pastor é acusado de aplicar um golpe imobiliário no estado de Santa Catarina. De acordo com as investigações, o prejuízo pode...

Reinfecção de Covid se tornou mais comum com Ômicron, afirma estudo

Um estudo feito na Universidade Stellenbosch, na África do Sul, traz evidências de que a variante Ômicron do coronavírus é capaz de provocar reinfecções...

 Pastor Rafael Bello está na UTI

A pastora Natália Bello, esposa do pastor Rafael Bello, usou suas redes sociais na noite desta terça-feira (17/05), para informar que ele...