21.6 C
Canoas
quarta-feira, novembro 30, 2022

Para Anvisa, país pode deixar de exigir teste e quarentena de turistas

Must read

Elirio Dambros fala sobre prós e contras do uso de fraldas descartáveis

Que as fraldas descartáveis vieram para facilitar a vida dos pais, disso ninguém tem dúvida. No entanto, ainda se investiga os impactos causados pelo seu uso na saúde...

Olhar empático: executivo do mercado cripto investe pesado em incentivo ao esporte no país

Clélio Cabral é gerente da gestora de criptoativos Braiscompany e segue os passos do CEO da empresa, Antonio Neto Ais que também é destaque...

Reclusa após abandonar a TV, Ana Paula Arósio ressurge com novo visual

Atriz decidiu deixar a carreira há cerca de 12 anos, quando desistiu de protagonizar uma novela da TV Globo em horário nobre Longe dos holofotes...

Gleisi defende PEC da Transição para 4 anos: “Não pode ser no soluço”

O PT quer que a PEC da Transição estipule o prazo de quatro anos para o Bolsa Família ficar fora da regra do teto...

Em meio aos debates sobre flexibilizar restrições relacionadas à Covid, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda que, para entrada no país, testes de detecção da doença não sejam mais exigidos de turistas vacinados. A quarentena obrigatória para não vacinados também seria dispensada, de acordo com a orientação.

tualmente, a Portaria Interministerial nº 666/2022 regulamenta as regras para entrada no Brasil. O comprovante de vacinação é obrigatório, assim como a realização de teste prévio.

A recomendação, explicitada na Nota Técnica nº 40/2022, expõe o novo cenário da emergência sanitária, com avanço da vacinação e redução dos casos e óbitos por Covid. O chamado “passaporte vacinal” continua a ser recomendado como principal medida de controle sanitário de fronteiras.

“Para que seja evitado qualquer tipo de discriminação dos viajantes provenientes de áreas de baixa cobertura vacinal e também dos indivíduos não elegíveis por questões de saúde ou de idade, recomenda-se que esses viajantes não vacinados ou que não estejam completamente vacinados possam apresentar, em substituição ao comprovante de vacinação, resultado negativo para Covid-19 em teste realizado em até 1 dia antes do embarque ou desembarque no Brasil”, elucida o documento.

A nota recomenda suspensão da exigência da Declaração de Saúde do Viajante (DSV) para entrada por via aérea. Vacinados não precisariam apresentar teste negativo feito antes do embarque. Os não vacinados, uma vez que precisam apresentar o exame logo antes da viagem, não precisariam realizar também a quarentena em território brasileiro.

A decisão final é dos ministérios da Saúde, da Justiça e Segurança Pública e da Infraestrutura. A sugestão da Anvisa, porém, é de que a DSV seja suspensa de forma imediata. As outras orientações poderiam ser implementadas a partir de 1º de maio.

A medida seria uma das ações implementadas pelo governo no processo de fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin). De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, as alterações podem ser anunciadas ainda nesta semana.

- Advertisement -

More articles

Latest article

Elirio Dambros fala sobre prós e contras do uso de fraldas descartáveis

Que as fraldas descartáveis vieram para facilitar a vida dos pais, disso ninguém tem dúvida. No entanto, ainda se investiga os impactos causados pelo seu uso na saúde...

Olhar empático: executivo do mercado cripto investe pesado em incentivo ao esporte no país

Clélio Cabral é gerente da gestora de criptoativos Braiscompany e segue os passos do CEO da empresa, Antonio Neto Ais que também é destaque...

Reclusa após abandonar a TV, Ana Paula Arósio ressurge com novo visual

Atriz decidiu deixar a carreira há cerca de 12 anos, quando desistiu de protagonizar uma novela da TV Globo em horário nobre Longe dos holofotes...

Gleisi defende PEC da Transição para 4 anos: “Não pode ser no soluço”

O PT quer que a PEC da Transição estipule o prazo de quatro anos para o Bolsa Família ficar fora da regra do teto...

Pastor é preso após mentir que sócio era estuprador e encomendar a morte dele

Um pastor e policial militar aposentado, identificado como Josselice, líder de uma igreja de Goiânia (GO), foi preso nesta segunda-feira (21/11), suspeito de encomendar a morte...