17.9 C
Canoas
quinta-feira, agosto 18, 2022

MPF denuncia três pessoas pelo assassinato de Bruno e Dom

Must read

GNT cancelou série

A série Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, baseada no best-seller de mesmo título de Gustavo Cerbasi, que tinha no elenco entre tantos Kéfera, João Vicente de...

Namorada de Seu Jorge anuncia gravidez do primeiro filho do casal

Karina Barbieri, namorada de Seu Jorge, anunciou que está grávida. No último domingo (14), a empreendedora compartilhou uma sequência de fotos celebrando o dia...

Empresa argentina low cost (preços baixos) pode operar em todo o Brasil

A Flybondi, companhia argentina de low cost, tem planos de operar voos domésticos no Brasil. A empresa já atua no país, mas apenas em...

Armando Babaioff se irrita com fake news sobre acidente

O ator Armando Babaioff, 41, fez uma dura crítica em seu Instagram sobre uma notícia que relatava que ele teria sofrido um grave acidente....

De acordo com o MPF, já havia registro de desentendimentos entre Bruno e Amarildo por pesca ilegal em território indígena. O que motivou os assassinatos foi o fato de Bruno ter pedido para Dom fotografar o barco dos acusados.

O Ministério Público Federal denunciou Amarildo da Costa Oliveira, Oseney da Costa de Oliveira e Jefferson da Silva Lima por duplo homicídio qualificado e ocultação de cadáver pelos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips. Os crimes ocorreram no dia 5 de junho no Vale do Javari/AM.

A denúncia do MPF já foi recebida pelo juiz, que levantou o sigilo dos autos. Com isso, os três deixam de ser investigados e se tornam réus. 

No documento, o órgão explica que Amarildo e Jefferson confessaram o crime, enquanto Oseney teve a participação comprovada por depoimentos de testemunhas. A denúncia traz ainda prints de conversas e cita os resultados de laudos periciais, com a análise dos corpos e objetos encontrados.

De acordo com o MPF, já havia registro de desentendimentos entre Bruno e Amarildo por pesca ilegal em território indígena. O que motivou os assassinatos foi o fato de Bruno ter pedido para Dom fotografar o barco dos acusados, o que é classificado pelo órgão como motivo fútil e pode agravar a pena. Bruno foi morto com três tiros, sendo um deles pelas costas, sem qualquer possibilidade de defesa, o que também qualifica o crime. Já Dom foi assassinado apenas por estar com Bruno, de modo a assegurar a impunidade pelo crime anterior.  

O trabalho de apuração e elaboração da denúncia foi conduzido pela procuradora natural do caso, Nathália di Santo, lotada em Tabatinga, com a participação de quatro procuradores da República do Grupo de Apoio ao Tribunal do Júri: Samir Nachef Júnior, Edimilson da Costa Barreiro Júnior, Bruno Silva Domingos e Ricardo Pael Ardenghi. Vinculado à 2CCR – Câmara Criminal do MPF, o grupo auxilia nas apurações de crimes contra a vida processados na Justiça Federal. Os membros foram especialmente designados para reforçar a atuação do MPF tendo em vista a relevância do caso, que ganhou repercussão internacional, e a necessidade de se apresentar respostas céleres para uma região que registra conflitos crescentes.

De acordo com o coordenador da 2CCR, o subprocurador-Geral da República Carlos Frederico Santos, o MPF segue acompanhando o processo e seus desdobramentos, além de outros episódios de violência registrados na região. O local de tríplice fronteira (Brasil, Peru e Colômbia) tem sofrido com o aumento do crime organizado.



- Advertisement -

More articles

Latest article

GNT cancelou série

A série Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, baseada no best-seller de mesmo título de Gustavo Cerbasi, que tinha no elenco entre tantos Kéfera, João Vicente de...

Namorada de Seu Jorge anuncia gravidez do primeiro filho do casal

Karina Barbieri, namorada de Seu Jorge, anunciou que está grávida. No último domingo (14), a empreendedora compartilhou uma sequência de fotos celebrando o dia...

Empresa argentina low cost (preços baixos) pode operar em todo o Brasil

A Flybondi, companhia argentina de low cost, tem planos de operar voos domésticos no Brasil. A empresa já atua no país, mas apenas em...

Armando Babaioff se irrita com fake news sobre acidente

O ator Armando Babaioff, 41, fez uma dura crítica em seu Instagram sobre uma notícia que relatava que ele teria sofrido um grave acidente....

Ex-marido de Britney Spears é condenado a dois meses de prisão após perseguição

Após ter invadido o casamento de Britney Spears e Sam Asghari, em junho, Jason Alexander, segundo ex-marido da cantora, foi condenado na última semana...