21.5 C
Canoas
quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Médico Chade Nagib Taha suspeito de abusar de quatro pacientes é preso

Must read

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Contar o tempo ou calorias gastas?

Foram elencadas pessoas que se alimentavam em média por 15 h por dia. Eles foram divididos em 2 grupos: um grupo que passou a...

Como reduzir gordura abdominal?

Uma pesquisa realizada pela escola de saúde pública da Universidade de Harvard resolveu estudar esses dois tipos de exercício com foco na composição corporal,...
Avatar

Casos ocorreram em 2012 em posto de saúde municipal de Canoinhas.
Clínico-geral também tem mandado de prisão em aberto em São Paulo.

Um médico de 34 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de ao menos quatro pacientes em Canoinhas, no Norte catarinense. O caso corre em segredo de justiça desde 2012. Chade Nagib Taha foi capturado na segunda-feira (18) em um hotel em São Mateus do Sul, no Paraná, e levado para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Canoinhas em prisão preventiva.

A reportagem da RBS TV teve acesso aos autos do processo. Os casos teriam acontecido na Unidade de Saúde de Pronto-atendimento de Canoinhas, que é integrada ao Hospital Santa Cruz. Nos relatos, vítimas alegam que Taha teria passado a mão nas partes íntimas das pacientes nuas. Em um dos casos, o médico teria segurado o braço de uma mulher e pedido um beijo no consultório.

Segundo a Polícia Civil do município, o clínico-geral atuava na rede municipal de saúde e  também possui um mandado de prisão expedido em Presidente Prudente, no estado de São Paulo. O teor da acusação paulista, no entanto, não foi divulgada pela organização. O processo ainda não foi concluído e o nome das vítimas são mantidos em sigilo.

“Assim que tomamos conhecimento do paradeiro do médico fomos ao local com apoio da Polícia Civil do Paraná. Fizem o cumprimento do mandado de prisão. Não houve resistência por parte dele e ele foi imediatamente levado para a nossa cidade”, afirmou o delegado Wagner Meirelles, da Polícia Civil de Canoinhas. O G1 não conseguiu contato com a defesa do médico.

- Advertisement -

More articles

Latest article

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Contar o tempo ou calorias gastas?

Foram elencadas pessoas que se alimentavam em média por 15 h por dia. Eles foram divididos em 2 grupos: um grupo que passou a...

Como reduzir gordura abdominal?

Uma pesquisa realizada pela escola de saúde pública da Universidade de Harvard resolveu estudar esses dois tipos de exercício com foco na composição corporal,...

Você sabe seu somatotipo?

Você já ouviu falar em somatotipo? O somatotipo é uma técnica de classificação corporal que dividiu a propôs a divisão em três quesitos: 1.magreza2.musculatura3.adiposidade Esse padrão...