12.9 C
Canoas
sábado, julho 2, 2022

Homem mais rico da Ucrânia diz que vai processar Rússia por US$ 20 bi

Must read

Pastor Tupirani é condenado a 18 anos de prisão por ódio contra judeus

A Justiça Federal condenou o pastor Tupirani da Hora Lopes, líder da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo, a 18 anos e 6 meses...

Governo federal bate recorde de denúncias de assédio moral e sexual

Desde o início da série histórica, não há registros, contudo, de denúncias de assédio moral e sexual no âmbito da Caixa Econômica...

Datena volta atrás e desiste de candidatura ao Senado ao vivo

Durante o ‘Brasil Urgente’ desta quinta-feira (30), Datena aproveitou para anunciar que desistiu, mais uma vez, de tentar uma carreira na política. O veterano estava disposto...

Pantanal está fazendo moda

Sucesso na televisão a novela Pantanal aquece as vendas de roupas com estampa de oncinha e até mesmo berrantes. E inspira corte de cabelos no estilo Juma. Nas lojas...

O bilionário ucraniano Rinat Akhmetov, que tem uma fortuna avaliada em US$ 4,5 bilhões, segundo a Forbes, quer processar a Rússia por danos causados pelos ataques às usinas siderúrgicas em Mariupol. O empresário afirmou a veículos da imprensa local que deve pedir uma compensação de US$ 17 bilhões a US$ 20 bilhões ao país vizinho.

A riqueza de Akhmetov caiu 40% este ano em meio à Guerra da Ucrânia, segundo o Uol. O ucraniano é proprietário dos complexos de Azovstal e Illich Steel and Iron Works, além de dono do time de futebol Shakhtar Donetsk.

“Definitivamente, processaremos a Rússia e exigiremos uma compensação adequada por todas as perdas e negócios perdidos”, disse Akhmetov à imprensa local.

Ambas as empresas do bilionário em Mariupol pertencem ao grupo Metinvest, a maior siderúrgica da Ucrânia, segundo o site Business Insider. Após a invasão da Rússia, o grupo anunciou que não poderia cumprir as obrigações contratuais.

Em abril, a Metinvest confirmou que planeja retomar a produção após o fim da guerra, mas que “nunca operaria sob ocupação russa”. Mariupol foi tomada no primeiro dia de guerra e era considerada prioridade pelo comando russo.

Em 15 de maio, um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que uma “chuva” de munições cai sobre a cidade. À Reuters, um especialista britânico disse que as imagens indicam se tratar de um ataque com fósforo ou armas incendiárias. Segundo convenção internacional, a bomba de fósforo branco é uma arma incendiária que só pode ser usada contra alvos militares.

- Advertisement -

More articles

Latest article

Pastor Tupirani é condenado a 18 anos de prisão por ódio contra judeus

A Justiça Federal condenou o pastor Tupirani da Hora Lopes, líder da Igreja Pentecostal Geração Jesus Cristo, a 18 anos e 6 meses...

Governo federal bate recorde de denúncias de assédio moral e sexual

Desde o início da série histórica, não há registros, contudo, de denúncias de assédio moral e sexual no âmbito da Caixa Econômica...

Datena volta atrás e desiste de candidatura ao Senado ao vivo

Durante o ‘Brasil Urgente’ desta quinta-feira (30), Datena aproveitou para anunciar que desistiu, mais uma vez, de tentar uma carreira na política. O veterano estava disposto...

Pantanal está fazendo moda

Sucesso na televisão a novela Pantanal aquece as vendas de roupas com estampa de oncinha e até mesmo berrantes. E inspira corte de cabelos no estilo Juma. Nas lojas...

Pastor Márcio Poncio irá abrir uma boate em julho

O pastor Márcio Poncio, líder da Igreja Pentecostal Anabatista, com sede no Rio de Janeiro, irá abrir mais um empreendimento considerado polêmico...