22.8 C
Canoas
sábado, dezembro 4, 2021

Governistas defendem deslocar Salles do Meio Ambiente para outra vaga se Trump perder

Must read

Dono do Sistema de Comunicação de Pernambuco, Robson Ouro Preto, se destaca como um dos maiores comunicadores do Estado

Quando se fala no sistema de comunicação no Estado de Pernambuco, é impossível não lembrar de Robson Ouro Preto, que se destaca não só em...

Dorian Silva Ferreira, de office boy para o mundo: uma história de foco e superação

De ajudante de camelô e Office Boy até chegar a empresário de jogador de futebol e dono de escritório de contabilidade, o empresário Dorian...

Filipe Claudino é a nova promessa para o Sub-20 do Santa Cruz

O atacante de ponta, Filipe Claudino, de 18 anos é a nova promessa do Santa Cruz. De início, Filipe jogará as competições pelo sub-20...

Com conquista da sétima Bola de Ouro, Messi iguala recorde de Pelé

O craque argentino Lionel Messi conquistou a sétima Bola de Ouro de melhor jogador do mundo de sua carreira na segunda-feira (29), batendo o...
Governistas defendem deslocar Salles do Meio Ambiente para outra vaga se Trump perder

Governistas defendem deslocar Salles do Meio Ambiente para outra vaga se Trump perder

Integrantes do governo Bolsonaro monitoram os desdobramentos da eleição americana para decidir a melhor estratégia na relação com os EUA.

Se o vitorioso for Donald Trump, o bolsonarismo avalia que o governo brasileiro se fortalece, já que o presidente não esconde sua predileção.

Porém, se for Joe Biden, alguns cenários são aventados nos bastidores.

Um deles é deslocar Ricardo Salles – ministro do Meio Ambiente – para outro cargo dentro do governo. A “manobra” seria uma sinalização ao eventual novo governo americano, já que Biden é um crítico da política ambiental do Brasil.

No entanto, por ser homem de confiança do presidente Bolsonaro, auxiliares defendem que ele seja empregado em outra vaga, como uma espécie de conselheiro do presidente.

Na avaliação de assessores, Salles pode ser transferido, por exemplo, para um ministério – como o do Turismo. Hoje, a pasta é comandada por Marcelo Alvaro – amigo de Salles – mas que possui mandato na Câmara. Portanto, se deixar o cargo, volta ao parlamento.

Outra situação que está em discussão é o futuro do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, alinhado ideologicamente ao trumpismo.

A equipe do presidente aguarda os resultado da eleição para definir o que fazer, mas admite, nos bastidores, que não há uma estratégia clara de como o Brasil deverá agir em caso de derrota de Trump, o que preocupa assessores.

VÍDEOS: Veja os comentários de Andréia Sadi

20 vídeos

Governistas defendem deslocar Salles do Meio Ambiente para outra vaga se Trump perder

Líder diz que governo tem maioria para aprovar autonomia do BC no SenadoAla política do governo defende 'mudança de discurso' se Trump não se reeleger

- Advertisement -

More articles

Latest article

Dono do Sistema de Comunicação de Pernambuco, Robson Ouro Preto, se destaca como um dos maiores comunicadores do Estado

Quando se fala no sistema de comunicação no Estado de Pernambuco, é impossível não lembrar de Robson Ouro Preto, que se destaca não só em...

Dorian Silva Ferreira, de office boy para o mundo: uma história de foco e superação

De ajudante de camelô e Office Boy até chegar a empresário de jogador de futebol e dono de escritório de contabilidade, o empresário Dorian...

Filipe Claudino é a nova promessa para o Sub-20 do Santa Cruz

O atacante de ponta, Filipe Claudino, de 18 anos é a nova promessa do Santa Cruz. De início, Filipe jogará as competições pelo sub-20...

Com conquista da sétima Bola de Ouro, Messi iguala recorde de Pelé

O craque argentino Lionel Messi conquistou a sétima Bola de Ouro de melhor jogador do mundo de sua carreira na segunda-feira (29), batendo o...

Almir Mattias lança “Beijo Arretado”, nova aposta do cantor para as festas de fim de ano

Almir Mattias é uma das grandes apostas do forró nacional. Ele tem a forte característica de misturar ritmos como sertanejo, piseiro e arrocha. Dono...