8.8 C
Canoas
sábado, maio 21, 2022

Golpistas fazem rachadinha e desviam R$ 50 milhões de contas do C6 Bank

Must read

 Cantor gospel Jairo Bonfim sofre acidente de carro

O cantor gospel Jairo Bonfim sofreu um acidente de carro na manhã desta quinta-feira (19). O veículo, onde ele estava, bateu em um animal...

Bolsonaro alfineta Moraes e diz que “fake news não existe”

Ao comentar ações de magistrados do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, em entrevista ao jornal Correio da Manhã, de...

Gkay estipula gasto de R$ 8 mi na Farofa: “Rock in Rio fora de época”

A influencer Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay, revelou que deve gastar cerca de três vezes mais na edição da Farofa deste ano....

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...

Site da revista Veja informa que a Polícia Civil de São Paulo está investigando um golpe de R$ 50 milhões que foram desviados de contas do C6 Bank em maio do ano passado.

 suspeita da polícia é de que uma funcionária da empresa terceirizada que trabalha para o C6 Bank na área de relações com clientes teria liderado o golpe no C6 ao cometer fraude contra o sistema do banco, segundo a Veja.

Com acesso ao sistema, a funcionária suspeita pelo golpe aumentou o limite de cheque especial de mais de 200 contas do C6 Bank, com autorização dos clientes.

Em seguida, ela teria desviado o dinheiro e desembolsado uma parcela do valor roubado para os clientes das devidas contas. Ou seja, o golpe também contava com a participação de uma série de clientes que eram selecionados por meio das redes sociais.

Em um dos casos, conta a Veja, o cheque especial da conta de um dos clientes envolvidos foi elevado ao valor de R$ 1 milhão. Na sequência, o dinheiro foi transferido via Pix para diferentes contas até ficar somente R$ 100 mil, que era o pagamento pelo esquema para o titular da conta.

Até o momento, sabe-se que a dívida total do golpe com o cheque especial permanece em aberto com o C6 Bank – porém, a Polícia Civil ainda não informou se correntistas do banco sofreram o golpe e perderam quantias ou se as contas com a dívida eram laranjas.

Concentrix

Segundo a Veja, a funcionária suspeita pelo golpe trabalhava para a Concentrix, uma multinacional que opera na prestação de serviços de apoio técnico e de interação com o cliente. O faturamento da empresa chega a US$  bilhões, mundialmente falando.

Nem a empresa, nem o C6 Bank comentaram a investigação, segundo a matéria. Fontes da Veja ainda informaram que, possivelmente, outros dois bancos digitais teriam sofrido golpes parecidos.

- Advertisement -

More articles

Latest article

 Cantor gospel Jairo Bonfim sofre acidente de carro

O cantor gospel Jairo Bonfim sofreu um acidente de carro na manhã desta quinta-feira (19). O veículo, onde ele estava, bateu em um animal...

Bolsonaro alfineta Moraes e diz que “fake news não existe”

Ao comentar ações de magistrados do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, em entrevista ao jornal Correio da Manhã, de...

Gkay estipula gasto de R$ 8 mi na Farofa: “Rock in Rio fora de época”

A influencer Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay, revelou que deve gastar cerca de três vezes mais na edição da Farofa deste ano....

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...

Pastor acusado de aplicar golpe de 10 milhões está foragido

Um pastor é acusado de aplicar um golpe imobiliário no estado de Santa Catarina. De acordo com as investigações, o prejuízo pode...