18.6 C
Canoas
quinta-feira, agosto 18, 2022

Francia Márquez é a 1ª mulher negra a ocupar a vice-presidência da Colômbia

Must read

GNT cancelou série

A série Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, baseada no best-seller de mesmo título de Gustavo Cerbasi, que tinha no elenco entre tantos Kéfera, João Vicente de...

Namorada de Seu Jorge anuncia gravidez do primeiro filho do casal

Karina Barbieri, namorada de Seu Jorge, anunciou que está grávida. No último domingo (14), a empreendedora compartilhou uma sequência de fotos celebrando o dia...

Empresa argentina low cost (preços baixos) pode operar em todo o Brasil

A Flybondi, companhia argentina de low cost, tem planos de operar voos domésticos no Brasil. A empresa já atua no país, mas apenas em...

Armando Babaioff se irrita com fake news sobre acidente

O ator Armando Babaioff, 41, fez uma dura crítica em seu Instagram sobre uma notícia que relatava que ele teria sofrido um grave acidente....

A advogada e ativista em defesa dos direitos humanos e do meio ambiente, Francia Márquez, tornou-se a primeira mulher negra a ocupar o cargo de vice-presidente da Colômbia ao ser eleita ao lado do ex-combatente da guerrilha M-19, Gustavo Petro, neste domingo (19/6).

Francia Márquez, 40 anos, nasceu no distrito de La Toma, no oeste da Colômbia e liderou um movimento popular contra a exploração mineral na região, luta que rendeu a ela o prêmio Goldman (considerado o “Nobel do Meio Ambiente”) em 2018.

Em 2021, após passar mais de 10 anos trabalhando em movimentos sociais, chegou a lançar a pré-candidatura à presidência da Colômbia, mas com o avanço da campanha, passou a integrar a chapa de Gustavo Petro, candidato da esquerda.

Formada em direito pela Universidade Santiago de Cali, Francia é mãe solteira de dois filhos e tem uma história ligada ao ativismo social. Ela trabalhou quando jovem como garimpeira de ouro e como empregada doméstica, função que exerceu para pagar os estudos.

No palanque prometeu, se eleita, ajudar na criação e manutenção de direitos para mulheres, negros, indígenas, camponeses e para a população LGBTQIA+.

“Para mim, ocupar um cargo no Estado não é o fim da trajetória. O fim para mim é dignificar a vida, é cuidar da vida, é viver em um lugar mais justo e digno para todos. O fim é diminuir a mortalidade negra. Chegar à presidência da Colômbia é um meio, ocupar o Estado é um meio para seguir movendo essa luta que queremos como povo e como humanidade”, afirmou antes de se juntar à chapa de Petro.

Em 2014, como presidente da Associação de Mulheres Afrodescendentes de Yolombó, organizou a “Mobilização das mulheres negras pelo cuidado da vida e dos territórios ancestrais”, movimento que reuniu pessoas do norte de Cauca e seguiu até Bogotá (capital) para exigir direitos. 

Em 2018, após ganhar o prêmio Goldman pelo Meio Ambiente, lançou-se como candidata à liderança da Câmara das Comunidades Afrodescendentes.

Antes de apresentar a pré-candidatura à presidência da república em 2021, liderou o comitê nacional de paz, reconciliação e convivência do Conselho Nacional de Paz.

- Advertisement -

More articles

Latest article

GNT cancelou série

A série Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, baseada no best-seller de mesmo título de Gustavo Cerbasi, que tinha no elenco entre tantos Kéfera, João Vicente de...

Namorada de Seu Jorge anuncia gravidez do primeiro filho do casal

Karina Barbieri, namorada de Seu Jorge, anunciou que está grávida. No último domingo (14), a empreendedora compartilhou uma sequência de fotos celebrando o dia...

Empresa argentina low cost (preços baixos) pode operar em todo o Brasil

A Flybondi, companhia argentina de low cost, tem planos de operar voos domésticos no Brasil. A empresa já atua no país, mas apenas em...

Armando Babaioff se irrita com fake news sobre acidente

O ator Armando Babaioff, 41, fez uma dura crítica em seu Instagram sobre uma notícia que relatava que ele teria sofrido um grave acidente....

Ex-marido de Britney Spears é condenado a dois meses de prisão após perseguição

Após ter invadido o casamento de Britney Spears e Sam Asghari, em junho, Jason Alexander, segundo ex-marido da cantora, foi condenado na última semana...