8.3 C
Canoas
sábado, maio 21, 2022

Com cinco meses de salários atrasados, Alan Kardec rescinde com o Shenzhen FC e deixa a China

Must read

 Cantor gospel Jairo Bonfim sofre acidente de carro

O cantor gospel Jairo Bonfim sofreu um acidente de carro na manhã desta quinta-feira (19). O veículo, onde ele estava, bateu em um animal...

Bolsonaro alfineta Moraes e diz que “fake news não existe”

Ao comentar ações de magistrados do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, em entrevista ao jornal Correio da Manhã, de...

Gkay estipula gasto de R$ 8 mi na Farofa: “Rock in Rio fora de época”

A influencer Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay, revelou que deve gastar cerca de três vezes mais na edição da Farofa deste ano....

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...


Após seis anos no futebol chinês, Alan Kardec rescindiu seu contrato com o Shenznen FC por justa causa e está livre no mercado. O atacante ficou sem receber o salário nos últimos cinco meses e foi possibilitado de romper o vínculo.

A princípio, o jogador pode assinar com outro clube, mas só poderia entrar em campo a partir de julho, na próxima janela de transferências. Kardec entrará com uma ação na Fifa por conta do descumprimento dos compromissos financeiros do clube chinês.

– Infelizmente, minha trajetória aqui está se encerrando da forma que eu não queria, mas, como profissional, me senti desrespeitado e sem outra opção a não ser buscar essa rescisão contratual. Mas a minha história está marcada na China, com gols, números e recordes importantes. Agora é seguir a vida e esperar pelo próximo desafio na minha carreira. Espero que possa já estar em campo o mais rápido o possível – disse o centroavante.

O Chongqing Lifan – hoje Dangdai – foi o primeiro clube de Kardec em território chinês, onde ficou de julho de 2016 a abril de 2021. Pela equipe, foram 108 partidas e 57 gols, se tornando o maior artilheiro da história do clube. Na sequência, o brasileiro acertou com o Shenzhen FC, entrando em campo 19 vezes e balançando as redes por 12.

– Quando chegou a proposta para jogar no futebol chinês, lá em 2016, não sabia o que esperar do país. Foram anos importantes para mim, onde o povo chinês, as torcidas, receberam tanto a mim quanto à minha família muito bem. Conhecemos uma nova cultura, novos hábitos, e foi uma experiência que ficará marcada – concluiu o jogador.

- Advertisement -

More articles

Latest article

 Cantor gospel Jairo Bonfim sofre acidente de carro

O cantor gospel Jairo Bonfim sofreu um acidente de carro na manhã desta quinta-feira (19). O veículo, onde ele estava, bateu em um animal...

Bolsonaro alfineta Moraes e diz que “fake news não existe”

Ao comentar ações de magistrados do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, em entrevista ao jornal Correio da Manhã, de...

Gkay estipula gasto de R$ 8 mi na Farofa: “Rock in Rio fora de época”

A influencer Gessica Kayane, mais conhecida como Gkay, revelou que deve gastar cerca de três vezes mais na edição da Farofa deste ano....

Câmara aprova MP que regulamenta ensino domiciliar

A Câmara aprovou na noite de na quarta-feira (18) o texto-base do projeto de lei (PL) 3.179 de 2012, que regulamenta a prática da...

Pastor acusado de aplicar golpe de 10 milhões está foragido

Um pastor é acusado de aplicar um golpe imobiliário no estado de Santa Catarina. De acordo com as investigações, o prejuízo pode...