15 C
Canoas
terça-feira, junho 15, 2021

Com a pandemia, atividades culturais a distância animam brasileiros

Must read

Robson Ouro Preto lança o Sistema de Comunicação de Pernambuco

O Empresário e comunicador Robson Ouro Preto anunciou que lançará a Sistema de Comunicação de Pernambuco nessa segunda-feira (07). O sistema de comunicação de Pernambuco...

Frederico Sanchez Resende destaca importância da logística sustentável

As mudanças climáticas são o maior desafio do nosso tempo e, se nosso objetivo é reduzir os efeitos das mudanças climáticas, é preciso cumprir...

Fernando Sanchez Resende: “Devemos pensar em como aplicar fontes renováveis de energia na logística”

A demanda global por serviços de transporte cresce rapidamente a cada ano. Estudos preveem que a atividade do tráfego de passageiros e carga, dadas...

Quais são as razoes para a falta de Containers no transporte marítimo e qual a solução ? Comenta o CEO da GES Logistics Frederico...

Redução natural do numero de containers disponíveis com a diminuição do comercio Global. Portos congestionados que afeta a rapidez na circulação dos containers disponíveis no...

Em casa desde março, Ana Beatriz Gonçalves, de 22 anos, pensou que não fosse mais conseguir acompanhar séries e shows por causa da nova rotina. Mas aconteceu o contrário. A estudante conta que a praticidade de assistir tudo pela tela do celular, fez com que ela conseguisse organizar melhor para não deixar o lazer de lado. “Estando em casa, trabalhando em casa e também estudando em casa me deu um espaço. O tempo que eu levava para pegar transporte público, para ir ao meu trabalho e depois para a faculdade virou um espaço para eu descansar entre uma coisa e outra. E aí eu posso assistir um vídeo que eu quero ou um episódio de uma de uma série que eu quero. Eu com certeza passei a consumir mais produtos de entretenimento no geral.”

Que a pandemia trouxe novos hábitos de consumo para a população já não é novidade. E o modo de consumir cultura faz parte dessas transformações como explica Murilo Oliveira, especialista em marketing de influência. “No começo, esperava-se que o púbico não teria uma aceitação tão grande porque a interação entre artista e fã a partir de uma tela parece que é um pouco frio. Só que os artistas conseguiram trazer essa interação e esse engajamento para dentro das telas dos smartphones e para dentro dos computadores”, explica. Com o fechamento de cinemas, museus, teatros e casas de shows, o setor foi obrigado a se reinventar para não perder o público. Um estudo feito pelo Datafolha entre os dias 5 e 14 de setembro, com mais de 1.500 pessoas de todo o país, mostra que 90% dos entrevistados afirmam usar o celular como ferramenta para se manterem conectados à arte e ao entretenimento por meio do mundo digital. Entre as atividades mais procuradas, em primeiro lugar estão séries e filmes com 73%, shows e apresentações musicais vem em seguida com 60% das escolhas e, em terceiro lugar, aparecem atividades que envolvem teatro, dança e circo com 28%.

O levantamento apontou ainda que o consumo de cultura na pandemia contribuiu para melhorar a qualidade de vida dos brasileiros durante o confinamento. Para 54% dos brasileiros fazer uma atividade cultural ajudou diminuir o sentimento de solidão e 45% das pessoas sentiram queda no estresse e na ansiedade. Já 58% sentem que as atividades melhoram o relacionamento com as outras pessoas da casa. No entanto, apesar do aumento na procura por atividades culturais a distância, poucas pessoas disseram na pesquisa que vão dar continuidade ao consumo pelo celular após a chegada a vacina.

*Com informações da repórter

- Advertisement -

More articles

Latest article

Robson Ouro Preto lança o Sistema de Comunicação de Pernambuco

O Empresário e comunicador Robson Ouro Preto anunciou que lançará a Sistema de Comunicação de Pernambuco nessa segunda-feira (07). O sistema de comunicação de Pernambuco...

Frederico Sanchez Resende destaca importância da logística sustentável

As mudanças climáticas são o maior desafio do nosso tempo e, se nosso objetivo é reduzir os efeitos das mudanças climáticas, é preciso cumprir...

Fernando Sanchez Resende: “Devemos pensar em como aplicar fontes renováveis de energia na logística”

A demanda global por serviços de transporte cresce rapidamente a cada ano. Estudos preveem que a atividade do tráfego de passageiros e carga, dadas...

Quais são as razoes para a falta de Containers no transporte marítimo e qual a solução ? Comenta o CEO da GES Logistics Frederico...

Redução natural do numero de containers disponíveis com a diminuição do comercio Global. Portos congestionados que afeta a rapidez na circulação dos containers disponíveis no...

Frederico Sanchez Resende diz que Subestação Ipê, em Goiás, beneficiará 84 mil moradores com fornecimento de energia

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...