14.6 C
Canoas
sexta-feira, maio 14, 2021

Santa Catarina apresenta seis regiões em nível grave

Must read

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...

Victor Capixaba é o novo reforço do São Caetano

O Centroavante Victor Capixaba de 28 anos, ex jogador do VilaVelhense é o novo reforço do São Caetano-SP. A equipe paulista que recentemente contratou o...

Grande Florianópolis, Laguna, Extremo Sul Catarinense, Planalto Norte, Alto Uruguai e Extremo Oeste se encontram nessa situação

Extremo Oeste recebeu alerta pelo aumento da contaminação pela Covid

Nesta semana, a atualização da avaliação epidemiológica mostra seis regiões de Santa Catarina no nível grave de risco para Covid-19, enquanto outras 10 no nível alto. Nenhuma região se encontra no nível gravíssimo. O mapa da matriz de risco potencial de cada região foi divulgado nesta quinta-feira (22).

As seis regiões que aparecem com o risco potencial grave (representado pela cor laranja) são Grande Florianópolis, Laguna, Extremo Sul Catarinense, Planalto Norte, Alto Uruguai e Extremo Oeste. Já as 10 regiões em alto risco (na cor amarela) são Nordeste, Foz do Rio Itajaí, Médio Vale, Alto Vale do Itajaí, Serra Catarinense, Região Carbonífera, Alto Vale do Rio Peixe, Meio-Oeste, Xanxerê e Oeste – seis delas foram reclassificadas do nível grave para, agora, o nível alto, em comparativo com a semana passada.

O novo mapa demonstra que há necessidade de aprimorar a investigação de contatos de casos e vigilância ativa por meio de qualificação da realização do inquérito de síndrome gripal na comunidade. Com a atualização da matriz, cada dimensão deve ser interpretada como um sinal de alerta. O aumento em cada uma delas motiva a elevação do risco da região, e deve ser considerada na priorização da atuação local.

Algumas das regiões do mapa também atingiram o estado de alerta: caso do Extremo Oeste, onde a mortalidade por Covid-19 na semana ultrapassou 2/ 100.000 habitantes e o RT (comportamento da pandemia) revela que a contaminação continua em expansão.

- Advertisement -

More articles

Latest article

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...

Victor Capixaba é o novo reforço do São Caetano

O Centroavante Victor Capixaba de 28 anos, ex jogador do VilaVelhense é o novo reforço do São Caetano-SP. A equipe paulista que recentemente contratou o...

Danilo Cavalcante é a aposta do Betis San Isidro da Espanha

O CD Betis San Isidro contratou o brasileiro Danilo Cavalcante de 23 anos, jovem aposta que se profissionalizou aos 18 anos no América-PE, teve...