17.7 C
Canoas
quinta-feira, maio 26, 2022

Policiamento é reforçado em Caxias do Sul para combater onda de crimes

Must read

O conselho de Bill Gates

Ao ser questionado por um jovem sobre o que fazer para causar um impacto positivo no mundo, o bilionário Bill Gates respondeu: “Leia um...

Bolsonaro sanciona, com vetos, prorrogação do Pronampe até fim de 2024

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou, com um veto, o projeto que altera as regras do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de...

STJ: Arma branca pode fundamentar majoração da pena-base

Colegiado determinou que, embora não configure mais causa de aumento para o crime de roubo, o emprego de arma branca poderá ser...

Governo admite pagamento de seguro-desemprego a mortos e culpa sistema

O Ministério do Trabalho e da Previdência admitiu que pode ter pagado seguro-desemprego a pessoas que já morreram. A pasta explica...


Escalada de violência nas últimas semanas levou a aumento de efetivo, com policiais de Caxias do Sul e Passo Fundo fazendo patrulhamento ostensivo. Equipe da delegacia de homicídios de Porto Alegre também será deslocada para a Serra. Reforço para o patrulhamento ostensivo em Caxias do Sul
O aumento no número dos crimes em Caxias do Sul levou ao reforço no efetivo do policiamento e nas investigações na Região da Serra do Rio Grande do Sul. Sessenta policiais dos Batalhões de Choque de Caxias do Sul e de Passo Fundo, no Norte do estado, começaram a atuar no patrulhamento ostensivo.
Segundo o comandante do CRPO Serra, Glauco Alexandre Braga, o reforço é um desdobramento da Operação Impulsa, de Porto Alegre, na Serra. Além dos policiais, 18 viaturas serão deslocadas para a região.
“O objetivo é aumentar a sensação de segurança da nossa comunidade o município de Caxias em específico e também combater os indicadores de criminalidade que eventualmente estejam em elevação. Em cima do estudo dos indicadores estamos fazendo emprego do efetivo da rua”, afirma o comandante.
Os principais acessos e pontos de movimento na cidade serão monitorados pelos policiais.
Além disso, um delegado e uma equipe de policiais civis do Departamento de Homicídios de Porto Alegre foram deslocados para a cidade, para ajudar nas investigações.
O Instituto Geral de Perícias dará prioridade para os laudos relacionados a assassinatos, para agilizar o esclarecimento das ocorrências.
Policiamento é reforçado em Caxias após outubro com alta nos números da violência
Reprodução
As ações devem permanecer, pelo menos, até o próximo dia 15, quando acontece o primeiro turno das eleições.
Outubro de 2020 teve 24 homicídios, o mês mais violento dos últimos quatro anos. Na semana passada, um casal e uma criança foram assassinados em casa.
Em toda a Serra, pelo menos sete assassinados foram registrados no último fim de semana.
A polícia acredita que crimes estejam relacionados com a presença do tráfico de drogas na região.
Veja os destaques do G1 RS

- Advertisement -

More articles

Latest article

O conselho de Bill Gates

Ao ser questionado por um jovem sobre o que fazer para causar um impacto positivo no mundo, o bilionário Bill Gates respondeu: “Leia um...

Bolsonaro sanciona, com vetos, prorrogação do Pronampe até fim de 2024

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou, com um veto, o projeto que altera as regras do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de...

STJ: Arma branca pode fundamentar majoração da pena-base

Colegiado determinou que, embora não configure mais causa de aumento para o crime de roubo, o emprego de arma branca poderá ser...

Governo admite pagamento de seguro-desemprego a mortos e culpa sistema

O Ministério do Trabalho e da Previdência admitiu que pode ter pagado seguro-desemprego a pessoas que já morreram. A pasta explica...

Mulher acusa pastor durante o culto: “Tinha 16 anos quando você tirou minha virgindade”

No último domingo (22), na cidade norte-americana de Warsaw, no Estado de Indiana, o reverendo John Lowe II disse que tinha uma...