16.2 C
Canoas
domingo, maio 16, 2021

Governo dos EUA move contra o Google maior ação antitruste em 20 anos

Must read

Quais são as razoes para a falta de Containers no transporte marítimo e qual a solução ? Comenta o CEO da GES Logistics Frederico...

Redução natural do numero de containers disponíveis com a diminuição do comercio Global. Portos congestionados que afeta a rapidez na circulação dos containers disponíveis no...

Frederico Sanchez Resende diz que Subestação Ipê, em Goiás, beneficiará 84 mil moradores com fornecimento de energia

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Processo diz que é preciso parar com conduta anticompetitiva da empresa

A companhia teve receita de US$ 162 bilhões no ano passado, mais do que o PIB de países como Hungria, Ucrânia e Marrocos

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e onze estados norte-americanos entraram nesta terça-feira (20) com uma ação antitruste contra o Google, acusando a companhia de usar seu poder de mercado para afastar rivais. O processo marca o maior caso antitruste em uma geração – comparável ao processo contra a Microsoft movido em 1998, e ao processo contra a AT&T, de 1974, que levou à dissolução do Sistema Bell. Na ação, alega-se que o Google agiu ilegalmente para manter sua posição nos mercados de busca e publicidade na internet e que, “na ausência de uma ordem judicial, a empresa continuará executando sua estratégia anticompetitiva, prejudicando o processo competitivo, reduzindo a escolha do consumidor e sufocando a inovação”. A ação diz que o Google é porta de entrada incontestável para a internet a bilhões de usuários em todo o mundo. Para o bem dos consumidores, anunciantes e todas as empresas norte-americanas que agora dependem da economia da internet é necessário interromper a conduta anticompetitiva da empresa e restaurar a concorrência.

Representantes do Google não comentaram o assunto. A companhia teve receita de US$ 162 bilhões no ano passado, mais do que o Produto Interno Bruto (PIB) de países como Hungria, Ucrânia e Marrocos. O senador republicano Josh Hawley, crítico feroz do Google, acusou a empresa de manter o poder por “meios ilegais” e chamou o processo de “o caso antitruste mais importante em uma geração”. O processo federal desta terça-feira marca um raro momento de acordo entre o governo Trump e os democratas progressistas. Ocorrendo poucos dias antes da eleição presidencial dos Estados Unidos, o momento do processo pode ser visto como um gesto político, pois cumpre uma promessa feita pelo presidente Donald Trump a seus apoiadores de responsabilizar empresas por supostamente sufocarem vozes conservadoras.

As ações da Alphabet, controladora do Google, subiram quase 1% após a notícia. Segundo o chefe de Pesquisa de Mídia de Tecnologia e Telecomunicações da Mirabaud Securities em Londres, Neil Campling, há alguma dúvida nos mercados se os parlamentares de Washington podem realmente se unir para entrar com uma ação contra a empresa. “É como trancar a porteira depois que o cavalo fugiu. O Google já assumiu a posição de monopólio, investiu bilhões em infraestrutura, inteligência artificial (IA), tecnologias, software, engenharia e talento. Você não pode simplesmente desfazer uma década de progresso significativo”, afirma.

O processo do Departamento de Justiça ocorre mais de um ano depois que o órgão e a Comissão Federal de Comércio (FTC) iniciaram investigações antitruste sobre Amazon.com, Apple, Facebook e Google. Sete anos atrás, a FTC fechou acordo com a empresa em uma investigação antitruste que acusava o Google de favorecer seus próprios produtos em resultados de buscas dos usuários. O acordo foi contestado por alguns advogados da equipe da FTC. E o Google tem enfrentado desafios legais semelhantes também no exterior. A União Europeia multou a companhia em US$ 1,7 bilhão em 2019 por impedir que sites usassem serviços rivais para encontrar anunciantes; em US$ 2,6 bilhões em 2017 por favorecer seu próprio produto de shopping em resultados de pesquisas; e em US$ 4,9 bilhões em 2018, por bloquear rivais em seu sistema operacional Android.

*Com Reuters

- Advertisement -

More articles

Latest article

Quais são as razoes para a falta de Containers no transporte marítimo e qual a solução ? Comenta o CEO da GES Logistics Frederico...

Redução natural do numero de containers disponíveis com a diminuição do comercio Global. Portos congestionados que afeta a rapidez na circulação dos containers disponíveis no...

Frederico Sanchez Resende diz que Subestação Ipê, em Goiás, beneficiará 84 mil moradores com fornecimento de energia

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...