19.3 C
Canoas
quinta-feira, dezembro 9, 2021

Força do 'trumpismo' nas eleições dos EUA fortalece direita no Brasil, dizem assessores de Bolsonaro

Must read

Solange Almeida e Xand Avião se reconciliam após anos de briga

A antiga dupla da banda Aviões do Forró, Solange Almeida e Xand Avião, impressionaram os fãs na madrugada desta terça-feira depois de fazerem as...

Marcelo Adnet comemora primeiro ano da filha com foto inédita

O comediante Marcelo Adnet utilizou seu perfil do Instagram para celebrar uma data mais que especial. Alice, fruta da união entre Adnet e Patrícia...

“Amigas da Lud” vai reunir famosas e atletas locais para uma partida de futebol beneficente

Partida tem como objetivo reverter parte da renda arrecadada para institutos e fundos sociais Pela primeira vez na história, a cidade de Ribeirão Preto receberá...

História secreta de amor com Ayrton Senna é tema da autobiografia que chega ao Brasil

A italiana Cristina Pensa lança sua autobiografia no Brasil onde narra, entre tantos desafios ao longo da vida, seu romance secreto com o ex...

Seja quem for o vencedor das eleições nos Estados Unidos, o governo Bolsonaro comemorou a demonstração de força do ‘trumpismo’ na disputa, o que, na avaliação de assessores presidenciais, fortalece a linha conservadora e de direita do presidente brasileiro.

Bolsonaro comemorou, primeiro, o fato de o democrata Joe Biden não confirmar o amplo favoritismo que vinha sendo apontado pelas pesquisas. O republicano Donald Trump, mesmo num cenário adverso por causa do combate ao coronavírus, mostrou força para vencer a eleição, que até a publicação deste texto ainda estava indefinida.

“Todos achavam que a eleição nos Estados Unidos poderia representar a reversão da onda conservadora no mundo, mas isso não aconteceu. Trump está forte e, mesmo perdendo, o trumpismo seguirá vivo por lá”, disse ao blog um auxiliar presidencial.

Noite da eleição nos EUA termina indefinida com Biden otimista e Trump declarando vitória

Noite da eleição nos EUA termina indefinida com Biden otimista e Trump declarando vitória

Diante da indefinição, a orientação dentro do governo é manter a cautela e evitar declarações na linha de reconhecer qualquer candidato, Trump ou Biden, como vencedor. E também não entrar na polêmica da Judicialização já anunciada oficialmente pelo presidente dos Estados Unidos.

Mesmo porque, depois de uma madrugada com os resultados indicando a possibilidade de vitória do republicano, os dados da manhã desta quarta-feira (4) sinalizariam uma chance de o democrata sair mesmo vitorioso.

Se Biden vencer, a equipe presidencial avalia que possa até ocorrer uma certa turbulência no início de mandato do democrata, mas que logo depois o pragmatismo irá prevalecer nos dois lados.

- Advertisement -

More articles

Latest article

Solange Almeida e Xand Avião se reconciliam após anos de briga

A antiga dupla da banda Aviões do Forró, Solange Almeida e Xand Avião, impressionaram os fãs na madrugada desta terça-feira depois de fazerem as...

Marcelo Adnet comemora primeiro ano da filha com foto inédita

O comediante Marcelo Adnet utilizou seu perfil do Instagram para celebrar uma data mais que especial. Alice, fruta da união entre Adnet e Patrícia...

“Amigas da Lud” vai reunir famosas e atletas locais para uma partida de futebol beneficente

Partida tem como objetivo reverter parte da renda arrecadada para institutos e fundos sociais Pela primeira vez na história, a cidade de Ribeirão Preto receberá...

História secreta de amor com Ayrton Senna é tema da autobiografia que chega ao Brasil

A italiana Cristina Pensa lança sua autobiografia no Brasil onde narra, entre tantos desafios ao longo da vida, seu romance secreto com o ex...

Samara Felippo relembra tempos de TV Globo: “Eu não parava de trabalhar”

Samara Felippo foi a convidada do Podcast Mais que 8 Minutos, de Rafinha Bastos, da última quinta-feira (2). A atriz, que coleciona diversas participações em novelas e...