15.7 C
Canoas
domingo, outubro 24, 2021

Empresários e parlamentares pressionam por votação de veto à desoneração

Must read

Temor de racionamento de energia acelera investimentos na fonte eólica no Brasil

São Paulo, setembro de 2021 – O baixo nível dos reservatórios é o principal tema na pauta do setor de energia. Na prática,...

Geração renovável suporta a demanda de energia no Brasil

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Referência no Brasil, Grupo Cash regulariza nome em até 30 dias

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

O Congresso Nacional se reúne nesta quarta-feira (4), em sessão conjunta com deputados e senadores, para avaliar o veto do presidente Jair Bolsonaro à desoneração das folhas de pagamento. Após diversos adiamentos, líderes partidários chegaram a um acordo em reunião nesta terça-feira. O governo é contra a derrubada e tentava chegar a um meio termo com os parlamentares, pedindo contrapartidas para viabilizar a medida, mas não conseguiu impedir a formação de uma maioria pela votação da matéria.

Nesta terça-feira, sindicatos fizeram uma manifestação em Brasília pela prorrogação da desoneração. O líder do PSL no Senado, Major Olímpio, comemorou a iminente votação do veto. A desoneração das folhas salariais afeta 17 setores da economia e tem previsão de terminar neste ano. O Congresso aprovou uma prorrogação até 2021, mas o presidente Jair Bolsonaro vetou.

Segundo a presidente da Feninfra, Vivien Suruagy, a não-derrubada do veto provocaria mais de 500 mil demissões nos setores de call center, tecnologia da informação e infraestrutura de redes. A votação está prevista para acontecer primeiro entre os deputados e, logo depois, entre os senadores. Além da desoneração, pelo menos mais 30 vetos e projetos do governo ligados ao Orçamento estão na pauta da sessão.

*Com informações do repórter Levy Guimarães

- Advertisement -

More articles

Latest article

Temor de racionamento de energia acelera investimentos na fonte eólica no Brasil

São Paulo, setembro de 2021 – O baixo nível dos reservatórios é o principal tema na pauta do setor de energia. Na prática,...

Geração renovável suporta a demanda de energia no Brasil

A previsão é que a eletricidade gerada pela força dos ventos alcance cerca de 20% de abastecimento da demanda no segundo semestre...

Com propostas em mãos, ex-auxiliar do Real Madrid e ex-técnico do Flu está muito próximo de acertar com time brasileiro

O treinador fez grande trabalho no Palmeiras e chegou a ser auxiliar de Luxemburgo no Real Madrid De volta ao futebol brasileiro, o técnico Paulo Campos já...

Referência no Brasil, Grupo Cash regulariza nome em até 30 dias

O Grupo Cash é referência no setor de créditos no Brasil e tem todos os métodos para aumento do Score para quem está negativo...

Vitória Lais: Expressividade no Tik Tok e Instagram

Após trancar o curso superior de fisioterapia no início da Pandemia de Covid-19, Vitória Lais, de 21 anos, entrou no mercado de digital influencer...