16.8 C
Canoas
sábado, outubro 16, 2021

Banco Mundial libera empréstimo de US$ 1 bilhão para ampliar a abrangência do Bolsa Família

Must read

Renova Energia recebe Licença Prévia do Inema para empreendimentos eólico e solar na Bahia

Localizado no centro-oeste do Estado o projeto será composto por 14 parques eólicos que juntos somam 576 MW de potência

Renova Energia focará sua atuação na geração eólica e possui 5 GW em projetos

São Paulo, setembro de 2021 – A fonte eólica possui 19,1 GW de capacidade instalada no Brasil e todo este volume abastece quase...

Projota apaga todos os posts do Instagram e dispara: “Momento mais turbulento”

O cantor já vinha afastado das redes sociais nas últimas semanas, mas surpreendeu os fãs ao excluir todas as imagens do seu Instagram. Aos...

Chico Buarque passa por cirurgia em hospital no Rio

Foto: Reprodução/Internet Aos 77 anos, o artista passou por uma cirurgia na coluna que durou cerca de seis horas e está, no momento, em recuperação...

O Banco Mundial liberou um empréstimo de US$ 1 bilhão para que o Brasil possa ampliar a abrangência do programa Bolsa Família. A expectativa da instituição é que cerca de 3 milhões de pessoas, incluindo mulheres, crianças e jovens, indígenas e outras minorias, sejam beneficiadas por meio do financiamento de transferência de renda. A medida faz parte de um projeto que vem sendo desenvolvido pelo Banco para garantir assistência à pessoas que tiveram a renda afetada pela pandemia da Covid-19.

Ao todo, a instituição disponibilizou mais de US$ 160 bilhões em apoio financeiro para ajudar mais de 100 países. No caso do Brasil, segundo o Banco, a incerteza sobre a trajetória da pandemia e a perspectiva de aumento da pobreza tornam cruciais a expansão do Bolsa Família e a proteção dos mais pobres. A avaliação é que a transferência condicional de renda se fará necessária, também, para garantir a volta a normalidade, já que pode incentivar as famílias a procurarem os serviços de saúde e a garantir que as crianças e jovens voltem às aulas quando as escolas forem reabertas.

De acordo com a instituição financeira, antes da pandemia, aproximadamente 13 milhões de famílias estavam cadastradas no Bolsa Família. O empréstimo deve impactar mais cerca de 1,2 milhão de lares, o que corresponderia à 3 milhões de pessoas. Como contrapartida, uma vez cadastradas no programa, as famílias beneficiárias deverão assegurar a frequência escolar das crianças filhos e a realização dos exames médicos de rotina.

O Banco Mundial vai oferecer assistência técnica ao Ministério da Cidadania, em coordenação com outros doadores bilaterais, para avaliar os impactos potenciais das mudanças e ajudar as famílias beneficiárias a contribuírem para a recuperação econômica. A ideia é reunir as lições aprendidas sobre os programas de proteção social emergenciais no Brasil e no mundo. O empréstimo tem garantia da União e poderá ser pago em pouco mais de 7 anos.

*Com informações do repórter Antônio Maldonado

- Advertisement -

More articles

Latest article

Renova Energia recebe Licença Prévia do Inema para empreendimentos eólico e solar na Bahia

Localizado no centro-oeste do Estado o projeto será composto por 14 parques eólicos que juntos somam 576 MW de potência

Renova Energia focará sua atuação na geração eólica e possui 5 GW em projetos

São Paulo, setembro de 2021 – A fonte eólica possui 19,1 GW de capacidade instalada no Brasil e todo este volume abastece quase...

Projota apaga todos os posts do Instagram e dispara: “Momento mais turbulento”

O cantor já vinha afastado das redes sociais nas últimas semanas, mas surpreendeu os fãs ao excluir todas as imagens do seu Instagram. Aos...

Chico Buarque passa por cirurgia em hospital no Rio

Foto: Reprodução/Internet Aos 77 anos, o artista passou por uma cirurgia na coluna que durou cerca de seis horas e está, no momento, em recuperação...

Lady Gaga recusou Rock in Rio, diz Roberto Medina

Após o adiamento causado pela pandemia, o Rock in Rio será realizado no ano que vem e está surpreendendo o público com os artistas...