21.5 C
Canoas
quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Abimaq nota aumento de vendas em setembro

Must read

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Contar o tempo ou calorias gastas?

Foram elencadas pessoas que se alimentavam em média por 15 h por dia. Eles foram divididos em 2 grupos: um grupo que passou a...

Como reduzir gordura abdominal?

Uma pesquisa realizada pela escola de saúde pública da Universidade de Harvard resolveu estudar esses dois tipos de exercício com foco na composição corporal,...

Alta de 13,3% foi puxada pelo comércio interno

As retrações do mercado interno observadas no pico da pandemia foram revertidas

As vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos totalizaram em setembro R$ 13,9 bilhões, montante 13,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2019. A alta foi impulsionada principalmente pelo comércio interno, e não pelas exportações. No acumulado do ano, as vendas somam R$ 97,2 bilhões, 1,3% a menos do que o obtido no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

“As retrações do mercado interno observadas no pico da pandemia foram revertidas. Uma possível compensação das vendas, interrompidas no auge da pandemia, uma melhora em segmentos como máquinas agrícolas e alguma substituição de importados por nacionais, ajudam a explicar tal comportamento do mercado doméstico”, destacou a Abimaq, em nota.

O setor vendeu ao exterior, no mês de julho, R$ 648 milhões em equipamentos, montante 23,7% inferior ao registrado no mesmo mês de 2019. Foi o sétimo mês consecutivo de queda na receita das exportações. No acumulado do ano, as exportações somam R$ 5,3 bilhões, 27,7% a menos que o obtido no mesmo período do ano passado. “O comércio mundial, ainda restrito em decorrência da pandemia, somado ao consequente foco no mercado interno, justifica parte desse recuo das exportações de máquinas e equipamentos este ano”, ressaltou a entidade.

Com Agência Brasil

- Advertisement -

More articles

Latest article

16 capitais têm multa para a falta de máscara; são mais de 8 mil punições aplicadas em todo o país

Uso de máscara em locais públicos é obrigatório no Brasil. Objetivo é diminuir a transmissão da Covid-19, que ocorre principalmente pelo ar. Especialista diz...

Gilberto, do BBB21, é aprovado em segundo PhD nos Estados Unidos

Doutorando em Economia, o pernambucano Gilberto Nogueira vai ter mais uma surpresa quando deixar o BBB21. O brother conquistou mais uma bolsa para PhD, na University of California, Davis. A informação...

Contar o tempo ou calorias gastas?

Foram elencadas pessoas que se alimentavam em média por 15 h por dia. Eles foram divididos em 2 grupos: um grupo que passou a...

Como reduzir gordura abdominal?

Uma pesquisa realizada pela escola de saúde pública da Universidade de Harvard resolveu estudar esses dois tipos de exercício com foco na composição corporal,...

Você sabe seu somatotipo?

Você já ouviu falar em somatotipo? O somatotipo é uma técnica de classificação corporal que dividiu a propôs a divisão em três quesitos: 1.magreza2.musculatura3.adiposidade Esse padrão...