10.8 C
Canoas
sábado, maio 15, 2021

Abimaq nota aumento de vendas em setembro

Must read

Frederico Sanchez Resende diz que Subestação Ipê, em Goiás, beneficiará 84 mil moradores com fornecimento de energia

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...

Alta de 13,3% foi puxada pelo comércio interno

As retrações do mercado interno observadas no pico da pandemia foram revertidas

As vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos totalizaram em setembro R$ 13,9 bilhões, montante 13,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2019. A alta foi impulsionada principalmente pelo comércio interno, e não pelas exportações. No acumulado do ano, as vendas somam R$ 97,2 bilhões, 1,3% a menos do que o obtido no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

“As retrações do mercado interno observadas no pico da pandemia foram revertidas. Uma possível compensação das vendas, interrompidas no auge da pandemia, uma melhora em segmentos como máquinas agrícolas e alguma substituição de importados por nacionais, ajudam a explicar tal comportamento do mercado doméstico”, destacou a Abimaq, em nota.

O setor vendeu ao exterior, no mês de julho, R$ 648 milhões em equipamentos, montante 23,7% inferior ao registrado no mesmo mês de 2019. Foi o sétimo mês consecutivo de queda na receita das exportações. No acumulado do ano, as exportações somam R$ 5,3 bilhões, 27,7% a menos que o obtido no mesmo período do ano passado. “O comércio mundial, ainda restrito em decorrência da pandemia, somado ao consequente foco no mercado interno, justifica parte desse recuo das exportações de máquinas e equipamentos este ano”, ressaltou a entidade.

Com Agência Brasil

- Advertisement -

More articles

Latest article

Frederico Sanchez Resende diz que Subestação Ipê, em Goiás, beneficiará 84 mil moradores com fornecimento de energia

Dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) apontam que o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil,...

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...

Victor Capixaba é o novo reforço do São Caetano

O Centroavante Victor Capixaba de 28 anos, ex jogador do VilaVelhense é o novo reforço do São Caetano-SP. A equipe paulista que recentemente contratou o...