14.6 C
Canoas
sexta-feira, maio 14, 2021

52% dos brasileiros trocariam de emprego por trabalho remoto, aponta pesquisa

Must read

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...

Victor Capixaba é o novo reforço do São Caetano

O Centroavante Victor Capixaba de 28 anos, ex jogador do VilaVelhense é o novo reforço do São Caetano-SP. A equipe paulista que recentemente contratou o...

O que era pra ser temporário tomou lugar na rotina da analista de produto digital Isabella Recco. E já são sete meses trabalhando de casa, na cidade de Rolândia, no interior do Paraná. Todo o processo de contratação foi através da internet. O trabalho remoto já vinha em ascensão no Brasil, especialmente nas grandes capitais. Mas ganhou uma força em março, quando a pandemia da Covid-19 chegou no país e muitas empresas foram obrigadas a adotar a nova modalidade coorporativa para manter a produtividade em dia.

É o que indica uma pesquisa realizada pela Salesforce, com mais de 20 mil pessoas de 10 países. Por aqui, 57% dos brasileiros disseram que conseguiriam trabalhar remotamente se as empresas oferecessem suporte tecnológico — e 52% dos trabalhadores responderam que trocariam de emprego por um trabalho remoto. Trabalhar à distancia usando as ferramentas virtuais não impediu reuniões e fechamento de negócios. Muito pelo contrário, uma vez que não há necessidade de deslocamento para um escritório físico.

Marcelo Lica é sócio fundador de uma empresa de auditoria e consultoria, que está há mais de 20 anos no mercado. Ele conta que, dos 300 funcionários, 80% está trabalhando em home office em escalas alternadas. Ele acredita que o fim das fronteiras físicas do trabalho está ajudando a tornar as vagas mais inclusivas dando oportunidades para novos talentos — vantagem tanto para quem contrata quanto para quem busca entrar no mercado.

*Com informações da repórter Hanna Beltrão

- Advertisement -

More articles

Latest article

Frederico Sanchez Resende: Pandemia trouxe grandes desafios para empresas de logística

Não somente a vida das pessoas está sendo impactada pela pandemia do novo Coronavírus. Os setores da economia, incluindo o segmento de logística e...

Hiperleds: a maior fábrica de luminárias com mais de 800 itens no catálogo Completo

Há dez anos no mercado e com mais de oitocentos itens no catálogo, a Hiperleds é uma empresa que estar presente com atendimento para...

Polícia Militar realiza a operação “Grande ABC mais Seguro” na área do CPA-M6

Foi realizada em 27 de abril de 2021 uma grande Operação Policial na cidade de Santo André, área do 10ª Batalhão Metropolitano, com o...

Victor Capixaba é o novo reforço do São Caetano

O Centroavante Victor Capixaba de 28 anos, ex jogador do VilaVelhense é o novo reforço do São Caetano-SP. A equipe paulista que recentemente contratou o...

Danilo Cavalcante é a aposta do Betis San Isidro da Espanha

O CD Betis San Isidro contratou o brasileiro Danilo Cavalcante de 23 anos, jovem aposta que se profissionalizou aos 18 anos no América-PE, teve...